Crédito: Cleber Goncalves Junior/Unifei

A Cemig e a Universidade Federal de Itajubá (Unifei) firmaram importantes acordos de cooperação. Na ocasião, o diretor de Geração e Transmissão da estatal, Thadeu Carneiro da Silva, assinou protocolo de intenções para fins de colaboração científica e tecnológica entre as instituições. Foi formalizada a transferência da Central Geradora Hidrelétrica da Cemig, cedida de forma não onerosa à instituição de educação, para ser utilizado na compensação de energia empregada no laboratório da Central de Hidrogênio Verde (CH2V), projeto que contribui para o desenvolvimento de pesquisas sobre o vetor energético.

A iniciativa vai fomentar a produção científica e tecnológica no setor elétrico nacional. O acordo prevê a colaboração abrangendo atividades de pesquisa, desenvolvimento e serviços científicos e tecnológicos; além de formação, treinamento e desenvolvimento de recursos humanos, absorção e transferência de tecnologias, aprimoramento técnico e científico e prototipação e desenvolvimento de sistemas em hardware e software. Produzido a partir de recursos renováveis, o Hidrogênio Verde (H2V) é considerado por muitos especialistas como uma chave promissora para a transição energética, a descarbonização e a sustentabilidade.

A Unifei, dentro do âmbito do Centro de Excelência de Conservação de Energia, também construído em parceria com a Cemig, vem desenvolvendo o H2V, cujo objetivo é ajudar indústrias mineira e brasileira a atravessarem a transição energética, reduzindo a pegada de carbono de seus produtos e tornando-os cada vez mais desejáveis em âmbitos nacional e internacional. “O Hidrogênio Verde conta com grande importância em razão de sua versatilidade, já que há a possibilidade de ser transformado em combustível ou em eletricidade. Isso reduz o índice de emissão de gás carbônico na atmosfera”, afirma Thadeu Carneiro.

Durante o encontro o executivo recebeu a medalha Theodomiro Carneiro Santiago, concedida a pessoas que se destacaram nas engenharias ou que muito promoveram e ajudaram a instituição. Referência no setor elétrico, a Cemig tem 100% do seu parque gerador advindo de fontes limpas e renováveis de energia. A companhia já emitiu cerca de 12 milhões de Certificados de Energia Renovável (RECs) para seus clientes no mercado livre de energia. Essas certificações comprovam a utilização de energia limpa, renovável e rastreável que segue em total consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin