Foto: Ascom/Unifei

A Universidade Federal de Itajubá (Unifei) foi uma das  instituições reconhecidas pelo Prêmio CAPES-Elsevier como contribuidoras em pesquisa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). O prêmio, organizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e pela editora Elsevier busca reconhecer as instituições que geram pesquisas científicas de impacto dentro dos ODS determinados pela ONU. A Unifei conquistou o prêmio no ODS 13: “ação contra a mudança global do clima”. O Brasil ocupa a 14ª colocação no ranking de países de maior produtividade científica. Os vencedores desta 5ª edição do Prêmio CAPES-Elsevier foram selecionados por meio do indicador que analisa a porcentagem das publicações científicas mais citadas em cada ODS, com dados exportados a partir da atualização de outubro de 2023. São elegíveis para concorrerem ao prêmio às instituições com mais de dois mil documentos nos últimos cinco anos e as instituições top 100 de contribuições a cada ODS.

Além da Instituição, foram premiados:

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), “erradicação da pobreza”; Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), “fome zero e agricultura sustentável”; “trabalho decente e crescimento econômico” e “vida terrestre”; Fundação Getúlio Vargas (FGV), “saúde e bem-estar”; Hospital Israelita Albert Einstein, “educação de qualidade; Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), “igualdade de gênero”; Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), “água potável e saneamento e “indústria, inovação e infraestrutura”; Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), “energia limpa e acessível”; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), “redução das desigualdades”; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), no “cidades e comunidades sustentáveis”; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), “consumo e produção responsáveis”; Universidade Federal de Goiás (UFG), “vida na água”; e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), “paz, justiça e instituições eficazes.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin