Estão abertas a partir de hoje 15 de janeiro até 15 de fevereiro de 2024 as inscrições para a edição 2024 da patrulha agrícola de mecanização rural. Quem explica as mudanças para este ano é Robson Silva diretor da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

“Esse ano nós fizemos uma mudança no formulário de inscrição porque ano passado as pessoas faziam a inscrição um pouco vaga. Esse ano nós estamos dividindo os trabalhos mas tudo dentro de uma inscrição. Ou seja a pessoa comparece a SMAA ou então na administração distrital de Carmo ou Ipoema e preencha esse formulário. O formulário é que aquele formulário antigo. Que é o nome completo, o CPS, WhatsApp, o telefone, o nome do imóvel, a localidade que a pessoa está que é muito importante pra que possamos fazer depois uma rota, a localidade, comprovante de renda familiar através da carteira profissional e o pagamento em INSS, alguma forma que a pessoa comprove aquela renda dela. A renda familiar. E esse ano nós estamos inovando sobre a cobrança também. A nossa cobrança será feita dependendo do agricultor que você quer receber a cobrança via WhatsApp, nós vamos mandar pelo WhatsApp e se for pra residência por residência. Esse ano o agricultor fazer uma inscrição para o ano todo. Com os serviços de trator. A ensilagem, a aração e gradagem, distribuição de calcário, sucamento, semeio com espalhadeira, plantio com a plantadeira, roçada de pastagem, terraceamento em nível e pulverização. Esse serviço é executado com trator. E com a retro escavadeira, nós temos aqui à disposição dos agricultores abertura e manutenção de estradas de acesso à propriedade do agricultor. Abertura de aceiros que é muito importante pra evitarmos os incêndios nas propriedades terraplanagem pra construções de habitações rurais, às vezes o agricultor quer aumentar a casa dele, quer mexer no curral então esse tipo de serviço a retro pode fazer. Construção de limpeza de barragens e tanques em áreas adequadas conforme a legislação ambiental. Construção de barraginhos, bacias de captação e caixas secas. Construção de terraços em nível e a construção de valetas de drenagem e desvio de água pluvial. Construção de selo de trincheira e também temos disposição dos nossos agricultores o uso de um caminhão para transporte de insumos dentro de um raio de mais ou menos cem quilômetros da nossa cidade. Então e depois nós temos aqui um termo de responsabilidade que o agricultor vai assinar. Então você está vendo que todos esses dados na escritura do ano passado não tinha. Então aqui o agricultor vai nos fornecer a área que vai trabalhar e ele vai nos indicar qualquer hora prevista para cada equipamento.”

O que a retro não pode?

“Principalmente piscina.”

Sobre o que observado na visita técnica ouvimos o coordenador da APAFI Associação dos Produtores da Agricultura Familiar de Itabira, executora do projeto Igor Parizotto Guerra.

“A inclinação do terreno se é quarenta e cinco graus, se a área é próxima a córrego.”

“Inclinação muito alta da operadora além da questão ambiental visa proteger o solo, o próprio terreno do produtor. Então é uma medida boa até pra ele mesmo. Tem um afastamento também dos cursos d’água. Tem sim, tem o afastamento, represas que a água chega também pro córrego, a gente não pode mexer. A visão da APAFI é desenvolver o meio melhorar a forma de trabalho do pequeno produtor, mas preservando o meio ambiente, conservando o solo porque esse próprio produtor ele depende dessa terra pra ele sobreviver que é o conselho da agricultura familiar mesmo.”

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin