Com a chegada das férias é necessário redobrar os cuidados no caso de viagens. De acordo com o especialista em segurança do grupo “Anjos da Guarda”, Maicon Marques, é muito importante que as pessoas invistam em sistemas modernos e integrados, impondo barreiras e sinais que certamente serão percebidos pelos proprietários, resultando no acionamento das forças policiais. “Investir em tecnologia de sistemas residenciais de segurança é prezar pelo bem estar familiar e cuidar do patrimônio”, destaca.

Maicon Marques cita instalação de câmeras com sensores de movimento nas áreas externas, dispositivos integrados de presença, abertura de portas, janelas e sirenes por meio de um sistema que comunica ao proprietário sobre a presença de pessoas na residência. Câmeras de segurança possibilitam a integração com sirenes e lâmpadas internas/externas, acionadas remotamente ou programadas, tanto para passar a impressão de que a casa está ocupada, quanto em casos de movimentação suspeita em dias programados.

A tecnologia também dispõe de um sistema com cerca elétrica e sensores perimetrais tipo IVA, que permitem a identificação, disparo de alarme sonoro, acionamento de refletores e alerta via dispositivo mobile do proprietário, em caso de invasão de perímetro. Confira a seguir outras dicas para quem for viajar:

  • Tranque as portas e janelas;
  • Não divulgue para a vizinhança que a família irá sair de férias;
  • Solicite a alguém de extrema confiança para que visite a casa durante o período para verificar as condições de segurança;
  • Não deixe tranca ou cadeado exposto para o lado de fora do portão. Correntes com cadeados expostos podem sinalizar que a casa está vazia;
  • Lembre-se de conferir semanas antes da viagem a funcionalidade das câmeras, alarmes, cercas e demais sistemas de segurança instalados;
  • Verificar a funcionalidade dos sistemas um dia antes de viajar não permitirá tempo hábil de manutenção caso se identifique alguma inoperância;
  • Evite deixar as luzes acesas. E se possível instale temporizadores em algumas lâmpadas;
  • Se for ficar muito tempo fora, suspenda a entrega de revistas e jornais para evitar acúmulo de materiais nas portas e chamar a atenção de estranhos;
  • Se possível faça uma cópia das chaves e deixe-as com um vizinho ou amigo de confiança; e
  • Antes de se ausentar, tenha certeza de que tudo está devidamente fechado: portas, janelas, portões.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin