Foto: SMS

Os números da dengue continuam em crescimento. Ações emergenciais ocorrem para frear a proliferação. Informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta segunda-feira (19), com dados levantados até a véspera em Itabira, apontam mais de 10800 notificações, com cerca de 70% deles em investigação. Mais de três mil pessoas testaram positivamente para a doença, e nove pessoas morreram com sintomas atribuídos a essa infecção, transmitida pelo Aedes aegypti.

Foto: SMS

No sábado (17) uma ação conjunta foi realizada na vila Paciência, e no bairro Campestre, incluindo o parque Belacamp. A atividade é fruto de parceria com a iniciativa privada, através da Vale, a o Poder Público, com colaboradores da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) e equipes de Agentes de Combate as Endemias (ACEs). Foi recolhida grande carga de inservíveis, que lotaram o compartimento para carga de seis caminhonetes.

Foto: SMS

“Agradecemos a parceria. A Vale tem sido uma grande parceira. Todo final de semana, uma ação conjunta, e paralelamente as Unidades do Programa de Saúde da Família, ajudando a desafogar o Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI), aliando prevenção ao tratamento. Uma linha de frente impedindo o mosquito de nascer, e outra assistindo as pessoas adoecidas,” disse Natália Andrade,  superintendente de Vigilância em Saúde da SMS.

Foto: SMS

Além da Itaurb, Vale e ACEs, também participaram da atividade: agentes de fiscalização de posturas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU), servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), vigilância sanitária, Unidades Básicas de Saúde (UBS) das regiões da força-tarefa, e colaboradores do PSMI, e dos Hospitais, Municipal Carlos Chagas (HMCC), e Nossa Senhora das Dores (HNSD).

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin