Fonte: Reprodução FCCDA

Foi velado na tarde desta segunda-feira (19), e sepultado no Cemitério do Cruzeiro, o carnavalesco itabirano Marconi Serafim de Assis Ferreira, de 72 anos, que além de ser o líder da Escola de Samba Mocidade Belinha, acumulou inúmeras ações ligadas à cultura. Uma delas, a “Janela da Poesia”, no saguão do casarão onde residia na rua Tiradentes. Crítico como todo poeta, teve um infarto e complicações devido à diabetes. Ele deixa a esposa, Rosa Amélia Benevides, quatro filho e seis netos.

A Prefeitura de Itabira e a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) se manifestaram diante da perda. “Lamentamos profundamente o falecimento do poeta e escritor Marconi Serafim de Assis Ferreira. A cidade perde um de seus grandes incentivadores culturais, e uma memória de sua história. Marconi publicou dois livros, foi compositor de samba enredos, dirigiu peças teatrais, foi autor de crônica e poemas, ajudando a conservar a história de Itabira,” cita a nota de pesar.

Elder Black

Itabira se despede do radialista Elder da Silva Daniel “Black”, de 37 anos. Ele faleceu por complicações da diabetes depois de pouco mais de um mês internado para tratar sintomas da doença. O velório está marcado para 9h nesta terça-feira (20), no Memorial Santa Terezinha, no bairro Água Fresca. A cerimônia fúnebre vai até às 16h, e o sepultamento será no Cemitério da Paz. “Itabira lamenta o falecimento e se une a parentes, amigos e ouvintes em pensamentos e orações,” citou em nota de pesar a Prefeitura Municipal.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin