PSF Praia. Foto: Arquivo

A Prefeitura de Itabira informou que nesta final de semana haverá expediente em seis Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e duas Farmácias Públicas para atender pessoas com sintomas da dengue. O serviço será para atender, exclusivamente, pacientes com a enfermidade. Neste sábado (24) e domingo (25), a população poderá procurar as seguintes UBS: Praia II/Juca Rosa, Areão/Amazonas, Gabiroba de Cima I e II, Água Fresca/Juca Batista e João XXIII/Machado. O horário de atendimento é das 7h às 16h. Duas Farmácias estarão em atendimento dias 24 e 25 de fevereiro: Farmácia Central e da UBS Gabiroba.

Farmacia Municipal. Foto: Arquivo

Várias ações na guerra contra a dengue estão sendo implementadas para frear a contaminação epidêmica: mobilização da população desde quinta-feira (22) com carro de som e divulgação nas rádios, agentes de endemias iniciaram nesta sexta-feira (23), e a fiscalização das casas e orientação aos moradores, recolhimento do entulho e bota-fora dos moradores, no sábado (24). Já ocorrem testes rápidos para detecção da dengue em pessoas sintomáticas nas UBSs, contratação emergencial de empresa específica para executar os mutirões de limpeza, notificação e autuação de proprietários de lotes e terrenos para providenciar a limpeza.

Fumacê

Crédito: Prefeitura de Itabira

O Ultra Baixo Volume (UBV) veicular será executado no início de março. O procedimento é controlado e realizado pelo Governo do Estado. Haverá ainda a atuação de 108 agentes de endemias atuando na cidade, ambulatório exclusivo para pacientes de dengue, a instalação de contêineres de apoio no Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI), UBS funcionando aos finais de semana e feriados prolongados, blitz educativa na avenida João Pinheiro e Feira Livre dos Produtores Rurais, e atuação do disque-dengue para denunciar áreas com focos do mosquito: 3839-2600/2643/ ou 97315-0017 de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Qdenga

Crédito: Freepik

Itabira ainda não tem revista o repasse de remeça da imunização contra a dengue. O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante Qdenga, contra a dengue, na rede pública. A vacina contra a dengue foi desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda Pharma. O registro do imunizante foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2023. A vacina contém vírus vivos atenuados da dengue. Por isso, ela induz respostas imunológicas contra os quatro sorotipos do vírus da dengue. O imunizante é aplicado em um esquema de duas doses, com intervalo de três meses entre as aplicações.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin