Alto dos Pinheiros.. Foto: Rogério Amador

No feriado de primeiro de maio, dia do trabalhador, evento ligado ao ciclismo, promete reunir os praticantes desta modalidade esportiva, simpatizantes, e comunidade que pretende se aproximar da bike, ou obter noções de como conviver em harmonia no trânsito, entre pedestres e condutores de veículos motorizados. O grupo vai difundir informações sobre mobilidade e promover conversa sobre o tema, uma espécie de educação para o transito, com a finidade de preservar vidas. O “1º Encontro Beneficente Amigos da Bike,” será no Mirantti Cara de Pau, no Alto dos Pinheiros, a partir das 8h. Para participar basta doar um quilo de alimentos não perecíveis.

Foto: Arquivo

“O intuito é reunir a galera, para arrecadar alimentos não perecíveis, e ajudar instituições filantrópicas da nossa cidade, e fomentar o espaço de lazer com a prática de esportes. Promover um bate-papo sobre mobilidade urbana, abordando dois temas: como o ciclismo pode impactar de maneira positiva a mobilidade urbana; e quais os benefícios que a bicicleta que é um meio de transporte, pode trazer para a população em geral. Reunimos todos, compramos ferramentas, fizemos vaquinha, e cada um ajudou a mexem no local. A manutenção também é nossa, para começa a movimentar esse esporte,” disse o organizador do evento, Fernando Nerfa.

Downhill. Foto: Henrique Terrav

Praticantes do Downhill podem usar a pista mais acidentada, ou os iniciantes, optar pelo trajeto menos íngreme. “O objetivo é mostrar que o local é importante, um lugar que se pode levar a família. Tentamos algumas vezes o apoio da Prefeitura, mas não conseguimos por ser área particular. Fizemos outra pista, para usar com a aquela pegada do cronômetro. Vamos ter uma gincana também. E uma pistinha daquelas com cones para as crianças, com cercamento de faixa zebrada. Vamos levar o material, trocar e coletar ideias, num espaço de lazer em comum, para todo mundo aproveitar, e movimentar o esporte dentro da cidade,” explica o organizador.

Arte: Divulgação

“As inscrições serão através da doação de um quilo de alimentos não perecíveis. Não se trata de evento radical, e sim um encontro. Vamos reverter toda a doação pra alguma entidade filantrópica, como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), ou a Instituição de Longa Permanência de Idosos Lar de Ozanam, onde estiver precisando mais. Os parceiros estão ajudando, cada um contribuiu com alguma coisa.  Se chegar com o alimento na hora, também participa. Toda a ajuda será de suma importância. Consecutivamente vamos melhorar o empreendedorismo, e levar diversificação econômica,” conclui Fernando Nerfa.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin