Praça Pingo D’Água

Em nota publicada nesta segunda-feira (14), a Prefeitura de Itabira desmentiu publicação que apontava corte de árvores em praça na região central, onde novo projeto arquitetônico promete dar nova roupagem ao dispositivo. “Diferentemente do que foi noticiado em veículos de imprensa, não será executada supressão de árvores na praça Pingo D’Água. Essa ação não faz parte do projeto que a Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Trânairo (SMOTT) trabalha para reforma,” justifica em comunicado oficial.

A supressão de árvores para criação de vagas de estacionamento estava no projeto original apresentado pelo escritório de arquitetura contratado pela SMOTT, mas a proposta não foi acatada e foi substituída por outra, que prevê apenas a remoção de uma árvore morta, com autorização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU). “O município não enviou qualquer pedido de licenciamento ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema),” acrescenta a nota.

Ainda segundo a Prefeitura de Itabira, o projeto atualizado previa a revitalização do piso de todo o espaço físico, novo mobiliário e a criação de dez vagas de estacionamento, sem a necessidade de supressão de árvores saudáveis. A versão anterior tinha possibilidades diferentes, e foi descartada. “A reforma será feita concomitantemente à da praça Acrísio Alvarenga, tornando aquele conjunto, um novo espaço de lazer e bem-estar social na região central,” finaliza o comunicado oficial do Poder Público Municipal.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin