Fonte: Divulgação

Distribuição em plataforma on-line

!PULSA! Movimento Arte Insurgente terá eventos descentralizados, ingressos distribuídos em plataforma on-line e gratuitos. Para garantir os ingressos clique aqui. A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) abrigará dois deles: “Cria”, da Cia Suave; e “Monga”, de Jéssica Teixeira, dias 20 e 21, 20h. O trabalho, que envereda pelas linguagens artísticas periféricas e destaca a diversidade cultural, inclui, ainda, a dança afro, o afrofunk, o contato-improvisação e uma elaborada pesquisa sonora. Vale lembrar que, logo após a estreia de “Cria”, no dia 20 de junho, o público também poderá participar do Fala que !PULSA!, uma roda de conversa com os dançarinos da Cia Suave e dois artistas itabiranos convidados, Sérgio Diaz e Thiago Skp.

Nos dias 22 e 23 de junho, é a vez da pré-estreia do monólogo “Monga”. A atriz e dramaturga Jéssica Teixeira constrói o solo a partir da história de Julia Pastrana, uma mexicana que, por ter o rosto coberto de pelos, ficou conhecida vulgarmente como mulher-macaco e se tornou uma das grandes inspirações para os Freak Shows e circos no Brasil e no mundo. Com classificação indicativa de 18 anos, o espetáculo explora o jogo entre o erótico e o ridículo, e é tomado pelo gênero do terror psicológico com doses de riso nervoso e constrangimento. Após o primeiro dia de apresentação de “Monga”, também haverá sessão do Fala que !PULSA!. Dessa vez, além de Jéssica Teixeira, os itabiranos Fábio Junior e  Priscila Ribeiro Oliveir, batem papo com o público.

Outras duas apresentações teatrais prometem ganhar o coração dos itabiranos: “Seu Geraldo” e “Elefanteatro”. As duas montagens são produções da Pigmalião Escultura Que Mexe e têm a interatividade como principal característica, já que usa da mistura de linguagens, manipulação de marionetes e relação dos atores com os bonecos como caminho para contar suas histórias. “Seu Geraldo” será apresentado na praça do Campestre, 19h da sexta-feira (21). No sábado (22), ele estará na Feira Livre, na Esplanada da Estação, às 10h. Neste espetáculo, Seu Geraldo é um violeiro e cantor de 73 anos, que ao lado da namorada Dona Catarina, de 81 anos, e Ana, sua irmã, relembram músicas antigas e fala sobre o assunto que a ocasião manda.

“Elefanteatro” é um enorme elefante, que caminha acompanhado por uma multidão que ele mesmo forma. O grande animal cênico é operado por uma trupe de artistas operários que dão vida ao elefante, contam, cantam e dançam suas histórias e dos outros tripulantes-marionetes que o habitam. Ele irá percorrer a rua Ipoema, bairro Pará, a partir das 16h no domingo (23). Para esquentar a noite de sábado (22), nada melhor que a Festa !PULSA!. O Mirante Cara de Pau, no Alto dos Pinheiros, no Campestre, a partir das 21h, será palco do show “Samba do Dan” e da discotecagem do Dj Adoniran. O carioca Dan Soares, com sua interpretação cativante, fará um show envolvente e contagiante para celebrar sua trajetória de mais de 20 anos dedicados ao samba.

Além de um time musical de destaque, dividindo o palco com convidados especiais. O DJ Adoniran, itabirano, também não é um estreante na música. Com uma carreira consolidada no cenário eletrônico regional, e mais de 15 anos de discotecagem. De suas pick ups, o público pode esperar Drum and Bass, Jungle, Garage, Nu-Disco, Techno, Funk, Soul, MPB, entre outros. O !PULSA! pisou em terras itabiranas, pela primeira vez, em setembro de 2023. Sucesso de público, o festival artístico mostrou uma nova perspectiva de programação cultural, dando enfoque nas trocas e diálogos voltados para reflexões fundamentais sobre a sociedade, como questões de gênero, racismo, ecologia e periferia. A programação completa pode ser acessada clicando aqui.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.