Foto: LIFA

A Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude (SMELJ), realizou na sexta (5), reunião com os dirigentes do futebol amador itabirano. Houve balanço das atividades realizadas, e ainda, ações planejadas para 2024. O alinhamento norteia a continuidade das competições. Participaram: a gestora da SMELJ, Natália Lacerda; Ricardo de Freitas, presidente da Liga Itabirana de Futebol Amador (LIFA); e Silvio Andrade, secretário-geral; e a coordenação do projeto “Em Cada Campo Uma Escolinha”, com 650 crianças atendidas.

“Foi um ano atípico, já que recebemos os campos em situação difícil, alguns em estado crítico. A falta de manutenção devido à pandemia, não possibilitou a realização de atividades esportivas, em especial o futebol. A Secretaria de Esportes, por ordem do nosso prefeito Marco Antônio Lage, entrou em ação imediata, inicialmente, fazendo o nivelamento com a técnica do top dressing (areação), em seguida veio à compactação, fertilização e irrigação”, destacou a secretária Natália Lacerda.

Natália Lacerda, Wesley Maciel e Filipe Dia. Foto: LIFA

Novas redes e manutenções específicas continuam, será iniciado aprimoramento nos gramados. “Iremos aplicar a mesma técnica usada no campo do Valério. A Federação Mineira de Futebol é extremamente exigente quanto à qualidade dos gramados em suas competições. O Valério utilizou a técnica de oxigenação em seu gramado, ou seja, a descompactação do campo com uma máquina de furação. Desta forma ocorre à oxigenação do gramado, melhorando a qualidade da grama e possibilitando uma melhor drenagem”, acrescentou Natália.

Com esse procedimento, os clubes, irão ter campos de melhor estrutura física, não será apenas para disputas oficiais, mas como fonte de renda alternativa, já que alugam para atividades recreativas, gerando receita. Também foi destacada a parceria entre a Prefeitura de Itabira e a LIFA, com resultados satisfatórios desde 2021. Em 2022 e 2023, houve nível técnico e participação popular. Este ano a ideia é manter os seis segmentos: sub-20, master, cinquentão, feminina, amadora e distrital, com a renovação de jogadores das categorias de base.

Foto: LIFA

O projeto “Em Cada Campo Uma Escolinha” liderado pelos servidores da SMELJ, Wesley Maciel e Filipe Dias terá contribuição nesse processo. “Confesso que na primeira reunião que tivemos com a Natália, ainda em 2021, percebi que ali estava sendo o início de uma parceria saudável. Continuar com as ações que cuidam dos gramados dos campos demonstra não apenas o interesse do executivo em colaborar com os clubes, mas também a preocupação em cuidar das nossas crianças”, afirmou Ricardo de Freitas.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin