Arte: Reprodução das Redes Sociais da FCCDA

Tudo pronto para o Pré-carnaval em Itabira, que será na praça dos Expedicionários, próxima à Escola Estadual Mestre Zeca Amâncio (EEMZA), na rua Irmãos de Caux, Centro. O evento começa no sábado (27) e vai até o dia quatro de fevereiro. Com história e tradição, a programação será gratuita e contará com diversos blocos carnavalescos, já tradicionais da cidade, e até mesmo no Estado. O esquenta para a festa mais plural e democrática do país, na cidade de Carlos Drummond de Andrade, terá como tema clássico de Gal Costa “Balancê”, sendo um tributo à cantora. O evento é uma realização da Prefeitura de Itabira, através da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).

Arte: Reprodução das Redes Sociais da FCCDA

“Itabira buscou consolidar essa receita do nosso pré-carnaval. Uma receita que nós desenvolvemos junto com os carnavalescos, coletivos culturais, e com a população, trazendo toda uma essência da história naquilo que realmente impactava as ações que eram desenvolvidas ao longo dos anos, principalmente no Carnaval histórico e cultural da nossa cidade. Nós tivemos inspirações em projetos como o bloco do sujo, projetos que aconteciam dentro dos clubes, e o capim cheiroso. Então, tudo isso e esses elementos, e principalmente o que deu luz toda essa essência. O Bloco Madalena também, que trouxe esse resgate dos carnavais itabiranos,”, disse o superintendente da FCCDA, Marcos Alcântara.

Arte: Reprodução das Redes Sociais da FCCDA

“Nosso Carnaval é muito rico de história. O povo levando alegria numa festa plural e democrática. Nosso Pré-carnaval tem esse desenho único, dentro do contexto do que está sendo desenvolvido em Minas Gerais. Vamos conseguir colocar os blocos na rua, começando pelo Pré-carnaval, de quinta-feira, até domingo. Serão vários blocos por dia, trazendo esse recorte de Itabira cosmopolita na cena cultural. Um momento muito ímpar para que todos nós possamos, no evento planejado e com segurança, voltado para a família, impactando a região por meio da cultura. Traçando políticas transversais, e gerando diversos impactos positivos na economia e para o desenvolvimento cultural,” finaliza o superintendente.

Reportagem: Euclides Éder

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Solverwp- WordPress Theme and Plugin